Escrever

A escritora canadense Alison MacLeod comenta alguns aspectos da vida e da obra de Mansfield. Bem legais alguns trechos que ela traz das cartas e dos diários sobre o ato de escrever. Não consegui localizar de onde é o primeiro deles:

Não há sentimento que se compare à alegria de escrever e terminar uma história. Não dormi. Ei-la, nova e completa.

Não consigo andar. Fico deitada à sombra o dia todo, escrevo e leio, nada mais. O trabalho é a única coisa que nunca falha. Mesmo se as pessoas não gostarem das minhas histórias, não me importo. Talvez gostem um dia, ou talvez as histórias serão melhores. (Carta a Ottoline Morrell, maio de 1921)

Estou cansada das minhas histórias como pássaros criados em gaiolas. (Carta à prima Elizabeth von Arnim em 31 de dezembro de 1922, já esgotada por causa da tuberculose).

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s